Perdidos na Itália

bbplanet.it
Perdidos na Itália
A Maria Clara é uma grande amiga e resolveu nos contar um “perrengue” que aconteceu na última viagem dela para a Itália.
Achamos o relato super útil. É bom saber que podemos contar sim com a polícia pelo mundo afora e que no final não seremos extorquido…
A nossa viagem começou em Milão, depois fomos à Veneza de trem,  Ferrara, Bologna e Roma.
Em Roma alugamos um carro e começou nossa aventura.
Estávamos indo para Florença  e não tínhamos um hotel para passar a noite, pois recém havíamos saído de Siena.
Como não sabíamos quanto tempo iríamos demorar a chegar e como também já era tarde, consultei pelo site booking.com um hotel pela região.
Digitei no GPS o endereço do Bed & Breakfast Antico Casale San Lorenzo e fomos mas… não chegávamos nunca….
bbplanet.it

bbplanet.it

Numa estrada até bem sinalizada, mas como era quase meia -noite,  começamos a nos preocupar. De repente num cruzamento mandava voltar e refazer a rota. E nada.
Andamos mais um pouco e encontramos um carro da polícia local,  os Carabiniere.
Meu marido (que fala italiano) desceu e foi pedir informações.
Os policiais disseram que aquele hotel era do outro lado e que estávamos a uns 28 km de distância dele. Que ali era um pouco diferente da marcação da estrada e que a longitude é que nos levaria ao local certo.
E agora??? Fiquei apavorada .
Os dois policiais conversaram entre si e nos olharam, logo em seguida um falou:
- Vamos levar vocês lá, mostraremos o caminho.
Não acreditei, disse a meu marido – Vão nos sequestrar… não pode ser verdade o que está acontecendo.
Mas aconteceu. Eles foram na nossa frente, tivemos que voltar um pedaço, algumas vezes eles mesmo paravam e perguntavam nos lugares aonde ainda tinha gente pela estrada e fomos indo…
À 1:30 da madrugada eles nos deixaram na porta do hotel.
tripadvisor.com

tripadvisor.com

Nós não iríamos achar nunca!
Descemos e pensei: “e agora, o que vou dar em agradecimento”?
Mas eles foram categóricos… “não queremos nada”.
Bem, eu disse pelo menos um abraço, um beijo e um muito obrigada.
Hoje rezo para eles e me arrependo de não ter tirado uma foto ou pedido os nomes.  Pensa que aventura ser levada, escoltada como  figura importante em plena Toscana!
Nunca poderia ter imaginado que aconteceria isto conosco, mas aconteceu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>